Como é elaborado o espumante Rosé?

Como é elaborado o espumante Rosé?

Como é elaborado o espumante Rosé?

Apesar de o branco ter a grande preferência dos apreciadores, e serem consequentemente os espumantes mais consumidos, o Rosé vem ganhando uma parte dos apreciadores de vinho, muito por conta da maior intensidade no paladar, além de ser mais encorpado, e oferecer uma acidez mais acentuada, se comparado aos brancos. Fresco e delicado, o espumante Rosé tem despertado a curiosidade de muitos consumidores. Mas afinal, como é que ele adquire esse tom e sabores bem particulares? Nesse texto vamos te mostrar que o Rosé também pode ser uma boa opção para seu brinde.

Como é elaborado o espumante Rosé?

São dois os principais métodos de elaboração dos espumantes: o método champenoise, também conhecido como clássico ou tradicional, no qual a segunda fermentação alcoólica do vinho acontece em garrafas, e o método charmat, em que esse processo ocorre em tanques de inox que suportam alta pressão. Os Rosés são elaborados pelos mesmos processos que os espumantes brancos, porém, uma alteração em uma das etapas do processo faz com que a bebida adquira essa bela tonalidade rosada. Antes do início da fermentação alcoólica, o sumo das uvas é colocado em contato com as cascas da fruta sob uma temperatura controlada. Essa ação é que dá ao líquido a cor rosada. Dependendo de qual a tonalidade que o produtor deseja dar ao seu espumante, o mosto pode permanecer em contato com as cascas da uva por mais ou menos tempo.Por ter esse contato direto com a casca do fruto, o Rosé possui grandes concentrações de antocianinas, substância responsável pela pigmentação do líquido, além de uma atividade antioxidante que protege a bebida das ações do tempo e clima.

Espumante Rosé: combinação perfeita em qualquer momento

A maioria dos enólogos considera o espumante Rosé uma bebida muito versátil, pois ela pode ser servida em uma recepção ou ser apreciado como acompanhamento de entradas e prato principal. Sua melhor harmonização se dá com saladas e peixes. Entretanto, carnes defumadas, caviar, pratos mediterrâneos com azeitona, além da cozinha oriental, podem ser uma boa pedida para quem gosta de sabores intensos e inovação. Uma dica para você fazer bonito e surpreender seus convidados de maneira positiva é preparar o Rosé para ser servido da maneira ideal. Esse tipo de espumante precisa ser resfriado durante todo o tempo em que é servido para garantir o seu frescor característico. Rosé deve ser servido com uma temperatura entre 4°C e 6°C, sendo uma excelente opção para ocasiões em que a temperatura ambiente está elevada.

Acesse nosso site e escolha a opção que melhor se encaixe à ocasião.

Você também é um dos novos adeptos ao Rosé? Então compartilhe conosco o que mais te chama atenção nesse rótulo.

Conheça nossa linha de Espumantes

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos


  • Conheça nossa linha de Espumantes