Como segurar uma taça de vinho corretamente

Como segurar uma taça de vinho corretamente

Como segurar uma taça de vinho corretamente

Pode parecer frescura ou mais uma daquelas regras chatas que envolvem o consumo de vinho, mas segurar corretamente uma taça de vinho é tão importante quanto escolher a taça adequada para cada tipo da bebida.

Mais do que uma regra de etiqueta, segurar a taça de maneira inadequada pode interferir em características como cor, aroma e sabor do vinho.

O ideal, portanto, é sempre segurar a taça pela haste. Do contrário, segurando pelo bojo, você não só deixará marcas de dedos no vidro, como também irá dificultar a inclinação da taça, alterar a temperatura da bebida, interferir nos aromas do vinho e dificultar o brinde.

O que fazer com as taças que não possuem haste?

Apesar de tradicionalmente as taças de vinho terem hastes, alguns modelos mais modernos estão sendo utilizados para o consumo da bebida. Nesse caso, a taça pode ser segurada pelo bojo acima do líquido.

Taça de espumante

Se for beber espumante – que também é um tipo de vinho – a regra é a mesma, mas com uma particularidade: além de poder ser manipulada pela haste, como nas demais bebidas, a taça de espumante também pode ser segurada pelo bojo, desde que os dedos fiquem acima do líquido, evitando que o contato deles com a bebida.

Dica bônus

Troque a taça!

Além de segurar corretamente a taça, outra atitude pode ajudar a manter as características da sua bebida inalteradas: a cada troca de tipo de vinho, o ideal é que a taça também seja trocada.

Se isso não for possível, uma alternativa é “vinhar” a peça, ou seja, colocar um pouco de água na taça para tirar o restante do vinho presente nela e então jogar tudo for para então servir a nova bebida na taça.

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos


  • Conheça nossa linha de Espumantes