Conheça mais histórias e curiosidades sobre o espumante

Conheça mais histórias e curiosidades sobre o espumante

Conheça mais histórias e curiosidades sobre o espumante

O espumante consiste no vinho tinto, rosé ou branco, com presença de gás carbônico natural e em quantidade perceptível. Especialistas da área afirmam que ele teria surgido quando o vinho era engarrafado antes do final da fermentação alcoólica, que continuava sendo feita dentro da garrafa, produzindo gás carbônico e gerando uma bebida cheia de borbulhas. O registro histórico mais antigo do espumante é do ano de 1531, na abadia beneditina de Saint-Hilaire, em Limoux, na França.

Atribui-se ao monge beneditino e tesoureiro da abadia de Hautvillers, Don Périgon a descoberta da bebida. Tudo aconteceu na época em que ele era responsável pelos vinhos e teve a missão de solucionar o problema da segunda fermentação que incomodava os produtores de vinho. Foi então que o monge começou a analisar o fenômeno, e compreendeu que o que ocorria era devido ao gás carbônico, recomendando assim, que as garrafas fossem reforçadas.

Reza a lenda que ao abrir uma garrafa arrolhada, Don Pérignon foi surpreendido pela espuma da bebida, e quando provou, falou a seguinte expressão: “Estou bebendo estrelas!”. Desde então, Don Pérignon dedicou-se exclusivamente ao processo da segunda fermentação na garrafa, atualmente conhecida como método Champenoise. Com o passar dos séculos a bebida foi ganhando o gosto da população, tornando-se uma bebida de respeito entre a nobreza.

Elegância, sofisticação e suavidade são as características da bebida, que também virou símbolo de celebrações. As histórias e mistérios que cercam o surgimento do espumante é que lhe dão todo o charme. Ao apreciar um bom espumante, você nem faz ideia de quantas histórias e curiosidade estão envasadas dentro da garrafa. Mas, nós contamos para você algumas informações que vão tornar esse momento mais delicioso e surpreendente.

Borbulhas

Quanto menores as borbulhas e presentes em maior quantidade, melhor é considerado o espumante. Uma garrafa de 100ml, por exemplo, pode conter até 12 milhões de borbulhas.

Pressão do Espumante

Quando alguém está prestes a estourar um espumante, todos ficam alertas para a direção da rolha. Afinal, são milésimos de segundos para o momento em que ninguém sabe onde ela vai parar. A pressão do espumante é considerada 3 vezes maior que a do estouro de um pneu, por isso ela possui um arame na ponta da garrafa, que ajuda a proteger a pressão.

e-book

Estações do ano

As uvas, quando ainda em parreiras, precisam das estações bem definidas: verões quentes e secos; invernos rigorosos e com chuvas.

Olha a rolha!

Pode ser que a bebida não seja tão fina e sensível como parece, principalmente, tratando-se da abertura da garrafa. A velocidade atingida pela rolha pode chegar a 60km/h. Então, cuidado!

Espumante para todo mundo

Só em 2010, quase 3,5 milhões de garrafas foram compradas ao redor do mundo.

Peterlongo: pioneira no Brasil

A produção de espumantes no Brasil iniciou em 1913, no município de Garibaldi/RS. O registro do autor do primeiro espumante brasileiro é do imigrante italiano Manoel Peterlongo, elaborado pelo método Champenoise. Dois anos após, a Vinícola Peterlongo era inaugurada no país, dando início a trajetória do espumante brasileiro.

Oferecemos um espumante premiado internacionalmente e considerado um dos melhores do Brasil. Acesse nosso site e confira todas as nossas opções e escolha a ideal para seu momento e a que mais lhe agrada. Compartilhe conosco suas experiências e histórias com a linha de espumantes da Peterlongo.

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos


  • Conheça nossa linha de Espumantes