Dicas para ler o rótulo dos vinhos de maneira fácil

Dicas para ler o rótulo dos vinhos de maneira fácil

Dicas para ler o rótulo dos vinhos de maneira fácil

O rótulo pode ser considerado a carta de apresentação do vinho ou seu documento de identidade. Existem rótulos muito bonitos no mercado, mas nem sempre condiz com o vinho que você está procurando, por isso é tão importante saber ler as informações que ele te traz.

A variedade de vinhos existente é muito grande, desta forma, entender as informações contidas na embalagem ajuda na hora de adquirir um produto que esteja de acordo com aquilo que você espera.

Existem informações obrigatórias, que são regulamentadas por órgãos governamentais e existem informações específicas de cada vinícola, visando sempre melhor informar o cliente.

As principais informações contidas no rótulo são a marca, a vinícola, o país produtor, variedade da uva ou das uvas, safra, teor alcoólico, entre outros. Agora chega de dúvidas: Vamos analisar um rótulo e conhecer o que cada uma das informações quer nos dizer.

Nome do vinho

Normalmente é a informação mais destacada. O nome é definido pela vinícola e segue uma linha com variação de uvas ou um produto exclusivo.

Uva(s)

É possível que o vinho tenha sido produzido com um ou mais tipos de uvas na produção. Saber essa informação ajuda a ter uma ideia do sabor do vinho e de suas harmonizações. Quando produzido com apenas uma variedade de uva o vinho é chamado de varietal. Nos casos em que se utilizam duas ou mais, o vinho é chamado de corte ou assemblage.

Região de origem

O clima da região da interfere no sabor da uva e, consequentemente, no sabor do vinho. Por isso, saber a região em que o mesmo fio produzido é importante.

Safra

Traz a indicação do ano em que as uvas foram colhidas. Essa informação também ajuda a identificar o sabor, uma vez que se no ano de colheita fez muita chuva ou muito sol interfere no sabor. Também é importante porque a maioria dos vinhos brancos e rosés devem ser consumidos em 2 ou 3 anos, já os tintos têm um prazo médio de 5 anos.

Maturação e envelhecimento

Os vinhos que foram produzidos com algum tipo de cuidado especial durante a fase de colheita, seleção de uvas, vinificação e que tiveram um período de amadurecimento em barris de carvalho e na própria garrafa, normalmente trazem em seus rótulos a informação Riserva, Reserva ou Gran Reserva.

Graduação alcoólica

Quanto mais álcool um vinho possui maior a chance de durar mais. Normalmente eles são mais quentes e pesados ao paladar.

Origem de engarrafamento

Destacam se o vinho foi produzido e engarrafado pela própria vinícola ou château, ou seja, as uvas ou o próprio vinho podem ter sido produzidos por outro produtor, mas engarrafados pela vinícola.

Idade das vinhas

As videiras mais antigas tendem a produzir frutos com sabores diferentes das videiras jovens. O fruto tem sabor mais concentrado e normalmente é utilizado para a produção de vinhos com qualidade superior.

Agora que você já sabe as principais informações que precisam ser vistas fica muito mais fácil. Aproveite o seu conhecimento e escolha um vinho Peterlongo para harmonizar com um momento especial ou para brindar o dia a dia.

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos