Entenda como o tanino influencia no sabor do vinho

Entenda como o tanino influencia no sabor do vinho

Entenda como o tanino influencia no sabor do vinho

Para que você se torne um conhecedor ou especialista em algum assunto, não há outra alternativa a não ser pesquisar por determinado assunto de seu interesse. Com o avanço da Internet, isso facilitou muito a nossa vida, pois lá encontramos um pouco de tudo. E quando o assunto é vinho, não é diferente. O glossário deste segmento é recheado de palavras e expressões que estão muito presentes no cotidiano de quem tem o hábito do consumo deste produto, mas que muitas vezes passa despercebido. Esse vocabulário, pouco comum para as pessoas que não têm o hábito de consumir a bebida, é facilmente encontrado nos rótulos das garrafas e nos processos de produção da mesma. Um desses termos com significado pouco conhecido é o tanino. Mas afinal, o que é o tanino e para que ele serve?

O que é o tanino?

O tanino é um tipo de polifenol produzido pela planta que pode ser encontrado em quantidades significativas nas sementes e na casca da uva.O mesmo é produzido como um sistema de proteção com a intenção de ter uma forte sensação de amargor, evitando que a planta seja comida antes do amadurecimento. Conforme a fruta amadurece, com a semente pronta para germinar, o tanino vai se tornando menos amargo, deixando a fruta mais palatável. Mas sua presença não se restringe apenas ao fruto, aparece em grandes quantidades em troncos de árvores e raízes, por isso barris de carvalho também contém grandes quantidades de tanino em sua composição.

O tanino e o sabor de um vinho

O tanino é uma característica mais marcante em vinhos tintos. Quando um vinho tinto é jovem ele tem a tendência a ter uma sensação maior de adstringência. Conforme este vinho envelhece, ocorre o “amadurecimento” destes taninos fazendo com que o vinho fique cada vez menos adstringente. Os efeitos desejáveis do tanino é que ele serve para dar corpo e complexidade ao vinho. Além disso, tem uma forte relação com a nossa saúde, tendo efeitos positivos na redução de colesterol e no retardamento do envelhecimento celular.

E-book Sabores, aromas e harmonizações

Como harmonizar o tanino ao cardápio?

A combinação perfeita para os vinhos com muitos taninos são as comidas com maior teor de gordura. A acidez da substância ajuda a diminuir o peso de pratos mais gordurosos. Já a textura amanteigada e sedosa da gordura contribui para aliviar a secura causada pelo tanino. A carne vermelha também é uma boa pedida para harmonizar junto com um rótulo que possui grandes quantidades. Mas cuidado aos pratos com excesso de sal: unidos ao tanino podem transformar o sabor do seu prato em algo metalizado.

Qual a diferença entre tanino e acidez?

Essa diferenciação fica mais perceptível ao entrar em contato com a sua boca. Quando suas papilas gustativas entram em contato com a acidez, o nosso organismo reage produzindo maior quantidade de saliva, com aquela sensação de “água na boca”. Já no caso do tanino o efeito é o contrário, sendo que a sua função adstringente dá a sensação de boca seca.

 

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos


  • Conheça nossa linha de Espumantes