Método Charmat: leveza para os dias quentes

Método Charmat: leveza para os dias quentes

Método Charmat: leveza para os dias quentes

Apreciadores de espumantes já devem conhecer, ou pelo menos ter ouvido falar, no Método Champenoise. Essa é a forma mais tradicional de elaborar um espumante, mas não é a única. Amplamente utilizado pelo mundo, o Método Charmat também dá origem aos espumantes que costumamos beber. 

O Método Charmat é um pouco mais recente que o Champenoise. Foi desenvolvido no ano de 1895, pelo italiano Federico Martinotti. No entanto, com o passar dos anos ele foi aperfeiçoado e, então, patenteado, em 1907, pelo francês Eugène Charmat, surgindo aí o nome do método. Apesar disso, é muito comum encontrar espumantes italianos que são descritos como método Martinotti, em referência ao primeiro inventor. 

 

Como ocorre o Método Charmat

O processo pelo qual a bebida passa no Método Charmat é semelhante ao método clássico. Ou seja, o vinho base é submetido a uma segunda fermentação com o objetivo de produzir gás carbônico por meio de leveduras e açúcares que são adicionados. 

Entretanto, no caso do Charmat, esse processo ocorre dentro de grandes tanques de inox, chamados de autoclaves, e não dentro da garrafa como no Champenoise. Após essa etapa, as leveduras são retiradas e as bebidas são engarrafadas. 

Esse processo é mais rápido que o tradicional e pode ser feito em poucos dias, resultando em uma produção em maior escala. O resultado é também uma bebida mais leve e refrescante e acessível.

Como harmonizar um espumante feito pelo método Charmat?

Assim como qualquer espumante, as bebidas elaboradas pelo Método Charmat são versáteis quando o assunto é harmonização. Uma boa dica para acompanhar seu rótulo é uma salada de camarões ou um prato à base de frutas. Entre os pratos principais, esse espumante acompanha bem receitas com peixes, como o salmão, e crustáceos, como a lagosta, assim como as carnes brancas ou até mesmo com aperitivos, por ser uma bebida leve.

Para quem quiser experimentar um espumante elaborado a partir do Método Charmat, nós temos duas sugestões. O primeiro é o Peterlongo Presence Brut:  é uma bebida de corpo marcante e acidez equilibrada e que harmoniza bem com entradas e pratos condimentados. Outra sugestão é o Peterlongo Brut. Também elaborado pelo Método Charmat, a partir das variedades Riesling e Trebbiano, é uma bebida com sutil cremosidade e destacado frescor em boca.

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos