O enoturismo e a história da Peterlongo

O enoturismo e a história da Peterlongo

O enoturismo e a história da Peterlongo

Com mais de 100 anos de fundação, a Vinícola Peterlongo tem uma longa história. Mas você sabe como ela começou?

 

Nossa história teve início ainda em 1870, quando os primeiros imigrantes italianos vieram para o Brasil. Entre eles, estava Manoel Peterlongo, que chegou ao país em 1878 e casou-se com a imigrante Regina Vivan, tendo dez filhos: nove meninas e o caçula Armando Peterlongo.

Consigo, Manoel também trouxe o hábito de beber vinhos e espumantes. Para manter essa tradição, buscou repetir os processos de elaboração aqui no Brasil. Ao lado de Carlos Dreher, incentivou o  cultivo de uvas brancas finas em toda a Serra Gaúcha e implantou, no porão de sua casa, uma pequena cantina onde iniciou seus experimentos.

Em 1913, com a expansão na produção de vinhos e espumantes na cidade, ocorreu a 1º Exposição de Uvas de Garibaldi. Nessa ocasião, Manoel recebeu a “Medalha de Ouro” relativo a seu “moscato Typo Champagne”. Esse foi o primeiro registro oficial da bebida sendo elaborada no Brasil. Não demorou muito para que a fama do “champagne” começasse a crescer e em 1915 foi criada oficialmente a Casa Peterlongo.

Junto com a Casa Peterlongo, o filho Armando também cresceu. E apesar de ter se formado farmacêutico e ido exercer a profissão em Vacaria, em 1921, após um pedido do pai, ele voltou com o desafio de ajudar no crescimento da empresa. Com o falecimento de Manoel, em 1924, Armando assumiu os negócios da família.

O esforço de Armando deu certo e com o crescimento dos negócios ele viu a necessidade de construir um espaço maior. Por isso, em 1930, ele deu início à construção do “Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo”, em um terreno dentro das terras que o pai possuía. O conceito “Champagne” estaria presente em cada detalhe, desde a cave subterrânea com túnel interligando a vinícola aos jardins, a casa da família no andar superior que remete a um castelo.

Com capacidade para mais de 300.000 garrafas e a melhor tecnologia possível em equipamentos para elaboração de espumantes pelo método tradicional, a obra foi executada pelo arquiteto construtor Silvio Toigo. Dominando a técnica de concreto armado, entre outros detalhes para construir muros, cave, ajudar na direção do túnel que favorece a ventilação dos subterrâneos e pensar em cada detalhe arquitetônico da moradia da família. Surgia uma das mais belas vinícolas do Brasil.

 

 

Em 1938, de forma inédita no Brasil, Armando lançou o álbum “Gran Espumante”. Tratava-se de um pequeno livro explicativo detalhado e ilustrado do mundo dos espumantes. Desde vinhedos, elaboração, tipos e curiosidades da Peterlongo. Com um detalhe importante: já convidava os apreciadores a visitarem a vinícola, registrando assim um dos primeiros relatos de Enoturismo na Serra Gaúcha.

Por falar em Champagne, foi na década de 1960 que a região francesa de Champagne começou um movimento pelo mundo com o intuito de inibir o uso da palavra “Champagne” em regiões produtoras fora do território francês. Diversas caves francesas entraram com processo judicial contra caves brasileiras. Esse processo chegou ao Supremo Tribunal Federal, que através de uma decisão extrajudicial, em 1974, autorizou quatro vinícolas a utilizarem o termo “Champagne” em território brasileiro. Uma delas é a Peterlongo, pela ancestralidade do uso da expressão e respeito a sua história. Hoje, é a única empresa existente no Brasil a poder utilizar em seus rótulos e melhores produtos esta expressão.

Em 2015, a Peterlongo completou 100 anos de sua fundação. Para celebrar, investiu em obras para reestruturação de seu atendimento turístico, lançamento de uma edição de champagnes colecionáveis, relembrando os rótulos que marcaram época, tudo para registrar toda esta magnífica história que não pertence apenas a empresa, mas à história da vitivinicultura brasileira.

Atualmente, para celebrar o novo momento da empresa, grandes investimentos estão sendo e já foram realizados em infraestrutura, enoturismo e na inauguração de um Centro de Eventos. Além disso, a parceria de 10 anos com o winemaker francês Pascal Marty – responsável por projetos mundialmente consagrados como Almaviva e Opus One – tem a missão de revitalizar produtos de todas as linhas da Peterlongo. Grandes atrações voltadas ao turista e à comunidade foram lançadas e já fazem parte do calendário anual da vinícola como o Wine Movie (cinema a céu aberto em meio aos parreirais), o Natal Peterlongo e as degustações harmonizadas.

 

Enoturismo na Peterlongo 

Se você ficou interessado, saiba que é possível conhecer de perto toda essa história. Isso porque a Vinícola Peterlongo oferece várias opções de enoturismo especiais para os apreciadores de bons vinhos, e também para aqueles que querem aprender e conhecer mais sobre esta arte.

Uma dessas experiências é o Tour Armando Peterlongo. Por meio do tour, é possível conhecer a Vinícola em uma verdadeira viagem de aromas e sabores, já que ela mantém em suas instalações a tradição da região francesa de Champagne, apresentando uma cave subterrânea e uma residência em forma de castelo. Para fechar com chave de ouro, o tour encerra com uma saborosa degustação dentro do castelo.

Outra experiência de enoturismo oferecida pela Peterlongo é a degustação harmonizada. Com Menu Sazonal assinado pela chef Catherine Tedesco e duração de 2h e meia,  esta degustação permite, além de mergulhar na história da vinícola, viver uma experiência enogastronômica mais a fundo. Os seis pratos são harmonizados com quatro espumantes e dois vinhos. O valor por pessoa é R$ 69.

Para quem não tem tanto tempo, ainda é possível fazer uma visita breve ao Complexo Enoturístico Peterlongo. Aberto todos os dias para visitação degustações e compras, o varejo oferece vários produtos elaborados pela vinícola, além de acessórios para vinhos e espumantes e uma vasta linha de cosméticos.

Quer viver uma dessas experiências? Acesse o nosso site e agende sua visita. 

 

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos


  • Conheça nossa linha de Espumantes