Sobrou espumante na garrafa, e agora?

Sobrou espumante na garrafa, e agora?

Sobrou espumante na garrafa, e agora?

Espumante é sinônimo de comemoração. Com amigos, família ou num momento romântico, a presença da bebida é quase certa. Em datas especiais, o espumante também comparece e torna o momento mais inesquecível ainda, como em casamentos, formaturas, aniversários entre outros. Mesmo vendo o consumo aumentar nos últimos anos, suas características peculiares pedem atenção para combinações com cardápios e preferências de paladar. As perlages, mais conhecidas como borbulhas, e o frescor da bebida pode não agradar alguns paladares se não for servido adequadamente. Desde a taça, até a temperatura com que você serve o espumante podem não agradar as visitas.

E aí tem aquela garrafa que ficou aberta e você não conseguiu degustá-la por completo. E agora? Só de pensar em derramar o líquido pelo ralo, o coração já fica partido, principalmente se você resolveu investir em um espumante mais caro para aquele momento. Mas calma, alguém já pensou nessa situação e nem tudo está perdido. Já existem no mercado ferramentas disponíveis para conseguir prolongar a qualidade dos espumante por mais alguns dias.

Jamais será o mesmo

Antes de mais nada, você precisa entender que depois de aberta a garrafa, o espumante não será o mesmo como inicialmente servido. Conforme as horas e dias passam, a oxidação da bebida é uma questão de tempo. O espumante pode ser apreciado em até dois dias após a garrafa ser aberta. Os produzidos pelo método champenoise tendem a durar mais tempo do que os produzidos através do método charmat. De qualquer forma, com o passar do tempo de contato da bebida com o ambiente externo, suas propriedades que a tornam leve e inconfundível, vão desaparecendo.

Cuidado com a temperatura

Especialistas afirmam que quanto mais tempo o espumante passa com a temperatura acima dos 15°C, mais gás e sabor ele vai perder. Por isso, você deve ter atenção com a temperatura e conservação da bebida enquanto serve, pois nesse momento ele já pode estar comprometendo a qualidade de uma bebida que ainda poderá ser armazenada por alguns dias. O ideal é que a garrafa seja resfriada em um recipiente com gelo e que se mantenha esse resfriamento durante todo o tempo em que o espumante é apreciado. Evite portas de geladeiras, pois a temperatura interna varia muito e a movimentação do local pode fazer com que o processo de oxidação ocorra mais rápido.

Acessórios

Hoje o mercado disponibiliza alguns acessórios que facilitam a vida de quem passa pelo apuro de ter de guardar um espumante que foi aberto e não foi consumido por completo. Tampas específicas, de diversos tipos de materiais, e bombas de vácuo são algumas opções mais comuns encontradas. Lembrando que uma vez aberto, algumas propriedades da bebida dificilmente serão mantidas, mesmo com a utilização de acessórios e armazenagem em local resfriado. Existem outros equipamentos mais sofisticados que prometem manter a qualidade do espumante, porém o empecilho neste caso é o valor do investimento.

Aprecie ao máximo

Assim como a vida útil de um espumante aberto é curta, a nossa também é para desperdiçar a oportunidade de degustar um saboroso e inconfundível espumante Peterlongo. Confira nossas opções, e escolha o tipo adequado para a ocasião e aprecie ao máximo todo esse momento com leveza e sabor. Se você já teve de guardar um espumante aberto, compartilhe conosco sua experiência ou sua dúvida e brinde a felicidade com os espumantes Peterlongo!

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos


  • Conheça nossa linha de Espumantes